Arquivo da categoria: In The Lonely Hour

Sam Smith registra três novas músicas

Parece que finalmente o SS2 está começando a surgir. Depois do Oscar em fevereiro, Sam resolveu dar uma pausa na carreira e está aproveitando seu tempo de férias para se divertir com a família e amigos.

Mas tudo indica que as férias estão acabando, porque neste sábado (26) o jornal britânico The Sun publicou uma matéria dizendo que o Sam Smith retornou aos estúdios.

Segundo o jornal, Smith já escreveu três novas músicas com o Eg White, que ajudou na produção do álbum “In The Lonely Hour”. Eg produziu as canções “Good Thing” e “I’ve Told You Now”.

O nome das três novas canções registradas são “I Want What You Have”, “I Want You Dirty” e “Give A”.

RUMOR: Sam Smith irá relançar o “In The Lonely Hour”

É isso mesmo que você leu, Sam Smith pode relançar o álbum “In The Lonely Hour”  com canções inéditas. Max, locutora da rádio inglesa Capital FM,  revelou no twitter novidades sobre lançamentos de vários artistas britânicos como Ellie Goulding, Adele, Ed Sheeran e Sam Smith.

Ao que tudo indica a canção tema do filme do 007 faria parte do relançamento do álbum, por enquanto nada foi confirmado pelo artista ou gravadora, então é apenas um rumor.

‘In The Lonely Hour’ faz história no Official Charts

O gráfico de sucesso de Sam Smith não mostra sinais de desaceleração, o álbum da estrela, ‘In The Lonely Hour ‘ entra nos livros de história do Official Charts hoje (04 de setembro).

Esta semana, o disco de estréia do cantor e compositor chegou até a 67ª semana consecutiva de recorde nos álbuns oficiais do Gráfico Top 10 – a corrida mais longa e ininterrupta para um álbum de estréia no lançamento. O LP não saiu do Top 10 desde seu lançamento em maio de 2014, onde estreou como número 1 com a abertura de semana de vendas de 101 mil.

O registro gráfico foi anteriormente detida pela Emeli Sande, cuja estréia ‘Our Version Of  Events’ computados 66 semanas consecutivas no Top 10 entre Fevereiro de 2012 e Maio de 2013. Antes de Emeli, o registro foi realizado há quase 50 anos por The Beatles ”Please Please Me” (62 semanas).

Falando sobre essa conquista incrível, Smith disse ao Official Charts: “O que eu posso mesmo dizer a isto? Estou completamente e totalmente movido e sobrecarregado com essa conquista. Sou eternamente grato ao meu time, mas o mais importante para o público britânico que fizeram isso acontecer e compraram o meu álbum. Este momento é único para dizer aos seus netos”.

A façanha é o último de uma longa lista de elogios impressionantes para Sam ‘In The Lonely Hour’. Durante o seu recorde no Top 10, o álbum tem desfrutado de seis períodos distintos em Número 1 (oito semanas no total), gerou quatro singles, incluindo ‘Money On My Mind’ os números 1s e ‘Stay With Me’, e foi o único álbum a vender um milhão, tanto no Reino Unido e EUA no ano passado. Até à data, as vendas para ‘In The Lonely Hour ‘ estão em 8.5 milhões em todo o mundo.

No início deste ano, o recorde foi o primeiro Número 1 no Official Albums Chart, na sequência da inclusão de streaming no gráfico, e mais recentemente também se juntou aos The Beatles nos livros de história para autenticar quase um ano inteiro dentro do Top 5.

Martin Talbot, diretor-executivo do Official Charts Company acrescentou em um comunicado: “Esta é uma conquista fantástica para o Sam, acrescentando a série de recordes que ele já quebrou em sua curta carreira até agora, é difícil de acreditar que tem apenas 18 meses desde que ele chegou pela primeira vez como artista solo em seu próprio direito”.

Sam Smith iguala recorde dos Beatles

‘In The Lonely Hour’, álbum de estreia de Sam Smith está há um ano nos primeiros cinco lugares das paradas inglesas, precisamente, 50 semanas. Igualando-se ao recorde que até agora só pertencia a banda britânica The Beatles, com seu primeiro álbum ‘Please Please Me’, lançado em 1963 e que se manteve-se durante 51 semanas ininterruptas. ‘Bridge Over Troubled Water’ de Simon & Garfunkel se manteve nas paradas musicais por 52 semanas consecutivas em 1970, mas não foi um disco de estreia. Confira o que o cantor comentou sobre o seu recorde que até então era exclusivo:

“Ao olhar para as estatísticas, sinto-me genuinamente estranho, mas incrivelmente feliz e agradecido a todos que compraram o meu álbum.”

Álbum ‘In The Lonely Hour’ completa um ano de seu lançamento

No dia 26 de maio de 2014 era lançado o álbum de estreia do Sam, através da gravadora Capitol Records. Antes de seu lançamento, em 2012, o cantor ficou conhecido pelo sua colaboração com o Disclosure, em “Latch”, o primeiro grande sucesso do duo, alcançando as primeiras posições nas paradas musicais inglesas. No ano seguinte, o mesmo colaborou com o Naughty Boy no single “La La La”, logo após, lançou seu primeiro EP, titulado “Nirvana”. Ambas colaborações e o seu EP foram um grande avanço para a carreira do britânico que mal havia se iniciado. O álbum teve 6 singles, respectivamente, “Money On My Mind”, “Stay With Me”, “Leave Your Lover”, “I’m Not The Only One”, “Like I Can”, por fim, “Lay Me Down”, que havia sido o primeiro single promocional do álbum, lançado no dia 15 de fevereiro de 2013, mas obteve um baixo desempenho. ‘In The Lonely Hour’ teve um grande desempenho nas tabelas musicais ao redor do mundo, pegando a posição #2 nos Estados Unidos, além de #1 no Reino Unido, passou mais de 50 semanas no top 5 de álbuns, última vez que aconteceu isto foi na estreia dos Beatles. Podemos dizer que Smith realmente chegou pra ficar e que isso é só o começo. Confira o que o britânico publicou em seu Instagram sobre o aniversário do disco:

Não só é hoje o aniversário de 1 ano do ‘ITLH’, mas é também o dia em que irei se mudar para a minha nova casa. Não posso ajudar, mas acho que isso mostra o quanto a minha vida mudou em relação ao ano passado. Eu amo todos vocês. Foi possível se sentir menos solitário ❤️

Espalhe a tag #HappyBirthdayITLH no Twitter! 😀

Sam Smith revela a inspiração para seu segundo álbum

Sam Smith já está trabalhando no sucessor de seu primeiro álbum “In The Lonely Hour”. Durante uma entrevista concedida ao site Australiano News.com.au ele falou que seu seu segundo álbum terá fortes influências de vozes femininas:

“Eu amo quando as pessoas pensam que eu sou uma mulher, é um enorme elogio. Tudo que eu faço é ouvir vozes femininas. Isso que significa que minha voz é massivamente influenciada por quem eu escuto também. Eu sinto que já tenho o conceito para minha próxima gravação funcionar, Eu escrevi algumas músicas e estou realmente animado sobre isso, mas não posso lançar qualquer coisa até que tudo esteja perfeito. Mas eu estou constantemente escrevendo música.

Smith passou a acrescentar que algo que ele realmente acha importante é o compartilhamento de mensagens através de sua arte:

“É importante para tornar suas mensagens através da arte, através da música. Entrevistas só duram um tempo, músicas e álbuns e vídeos e música podem durar uma vida.”

 

 

”In The Lonely Hour” é o álbum mais vendido do Reino Unido de 2015

Sam Smith liderou a lista de álbuns mais vendidos do Reino Unido do ano até agora.

O cantor lançou seu esforçado álbum de estréia ‘In The Lonely Hour’ em 2014, mas ainda está provando ser popular.

A Official Charts Company confirmou que o trabalho de estúdio dele ainda em 2015 é o álbum mais vendido até hoje.

Ele passou de 370.000 unidades vendidas até agora neste ano.

Ed Sheeran com ‘x’ – também lançado em 2014 – já vendeu 350.000 cópias e está em segundo lugar, enquanto George Ezra com ‘Wanted On Voyage’ já acumulou 270 mil cópias vendidas.

Taylor Swift com ‘1989’ é o quarto na lista, com um total de 198 mil cópias e  Noel Gallagher é o quinto.

Fonte/Adaptado

Confira tudo que rolou no GRAMMY AWARDS 2015

Na noite do dia 08 de fevereiro, aconteceu um dos eventos mais importantes para industria musical. A premição GRAMMYs 2015 aconteceu em Los Angeles e Sam estava indicado em seis categorias, algumas as mais importantes da noite concorrendo com estrelas como Beyoncé, Taylor Swift, Sia, Coldplay, Ariana Grande, entre outros.

Sam era uma das apostas e realmente conseguiu se destacar, sendo o maior ganhador da noite. Ele ganhou as seguintes categorias:

Record Of The Year 

Best New Artist

Song Of The Year

Best Pop Vocal Album

E fez uma apresentação emocionante de “Stay With Me”com a cantora Mary J. Blige, confira:

Rolling Stones elege “In The Lonely Hour” um dos melhores álbuns pop de 2014

A famosa revista Rolling Stones lançou uma lista com os melhores 20 álbuns pop de 2014, segundo seus editores. Na lista aparecem pessoas como Charli XCX, Taylor Swift, Ariana Grande e o incrível álbum do Sam “In The Lonely Hour”. Confira a seguir a lista completa:

01) “Sucker” – Charli XCX
02) “1989” – Taylor Swift
03) “Ultraviolence” – Lana Del Rey
04) “V” – Maroon 5
05) “My Everything” – Ariana Grande
06) “Crush” – 2NE1
07) “I Never Learn” – Lykke Li
08) “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1” – Trilha Sonora
09) “The Golden Echo” – Kimbra
10) “x” – Ed Sheeran
11) “Mandatory Fun” – Weird Al Yankovic
12) “G I R L” – Pharrell Williams
13) “Trouble In Paradise” – La Roux
14) “In the Lonely Hour” – Sam Smith
15) “Motion” – Calvin Harris
16) “Kitten” – Kitten
17) “Nick Jonas” – Nick Jonas
18) “Four” – One Direction
19) “Shakira” – Shakira
20) “1000 Forms of Fear” – Sia