Todos os post de felipe

Sam Smith é confirmado no Rock In Rio Brasil!

Finalmente, após muitos rumores e especulações, a presença de Sam Smith está confirmado no Brasil. O cantor vem para se apresentar no Rock In Rio, na Cidade do Rock, Rio de Janeiro e por enquanto, ainda não confirmou shows solos. Sam irá se apresentar no dia 26 de setembro, no palco Mundo, onde se apresentará antes de Rihanna. A pré-venda de ingressos do festival só é valida para clientes Itaú e associados do Rock In Rio, e as vendas somente se iniciam em abril. O britânico já divulgou em suas redes sociais a notícia de sua vinda ao nosso pais. Confira:

BRASIL!! Rock In Rio!! Im buzzing my tits off x

Uma foto publicada por Sam Smith (@samsmithworld) em

Para qualquer novidade, fiquem ligados em nossas redes sociais e site! Para mais informações veja aqui: http://goo.gl/QigKEs

Sam Smith sobre sua família: “Minha família me ajuda a manter os pés no chão e gritam comigo quando eles precisam”

Cantor e compositor britânico Sam Smith revelou que seus pais e irmãs ajudam a manter os pés no chão, dizendo-lhe quando ele precisa refletir sobre o seu comportamento.

Falando a ODE no BRITs tapete vermelho recentemente, o hitmaker explicou que seus entes queridos não deixam de ”gritar” com ele quando ele merece, que o mantém ”lúcido”:

“Eu só estou tendo certeza que eu devo ficar com a minha equipe e ter boas pessoas ao meu redor -. Garantir que minha mãe e meu pai estejam aqui [Minhas irmãs]  e me manter assim fundamentado e assim lúcido… Me dizem quando devo sair fora e gritam comigo quando eles precisam. Meu pai gritou comigo no outro dia porque eu bebia demais e sai após o show no Madison Square Garden… Eu estava comendo, tipo, 50 nuggets de frango e ele era como, ‘Sam!’ “.

Fonte/Adaptado

Sam Smith revela sua paixão mais estranha

Sam Smith revelou que ele tinha uma grande paixão crescendo por King Kong  depois de assistir o filme icônico.

Durante uma recente entrevista à revista Stylist, o hitmaker foi pedido para revelar sua paixão mais estranha e ele realmente se entregou: “Isto vai soar tão estranho, mas eu lembro de assistir King Kong e se apaixonando por ele. Ele iria te proteger. E ninguém jamais foi capaz de me levantar, então eu gostei da ideia.”

Fonte/Adaptado

Sam já foi agredido por ser homossexual

O cantor contou em entrevista ao jornal The Sun que já foi agredido algumas vezes por ser gay. Confira as declarações do Sam sobre alguns destes tristes acontecimentos:

“Quando me mudei para Londres, alguém me deu um soco na cabeça quando eu voltava do trabalho para casa. Foi definitivamente um ataque homofóbico. Eu estava no telefone, falando muito alto, e usando headphones na cor rosa. Por isso era bastante óbvio que eu era gay.”

 “Um grupo de meninos de outra escola me insultava no caminho de metrô até minha casa. Me lembro que uma vez caminhei da estação até minha casa e eles gritavam, ‘Viadinho’, o tempo todo. Era humilhante, mas não tanto para mim, porque eu sabia que eles eram tontos. Mas isso me incomodou, porque eu estava com os meus amigos e me perguntei se eles tinham vergonha de andar comigo por causa dessas pessoas gritando.”

“Quando eu tinha 17 anos, eu me atrevi a ir em uma casa noturna gay, em Londres. Me lembro que entrei pela porta e um homem gay disse algo muito cruel sobre mim para seu acompanhante. Todo meu mundo caiu e nesse momento eu me senti realmente sozinho. Sabia que ia levar muito tempo para conseguir me adaptar. Há muita homofobia e uma grande quantidade de abuso, inclusive na comunidade gay.”

 

Sam Smith irá se mudar para Nova Iorque

A partir de baladas universalmente adoradas, Sam Smith ganhou fama por ser honesto acima de tudo.

Por isso, vem sem surpresa nenhuma que Sam revelou novas coisas sobre sua nova vida. Em sua mais recente entrevista, com a revista Vogue, Sam revelou que está se mudando para Nova York, com o objetivo de estudar para produção cinematográfica.

“Eu quero fazer um curso intensivo para que eu possa começar a dirigir meus próprios vídeos”, disse Sam.

Descobrimos também, que Sam agendou mais concertos na América do Norte! Após ganhar incríveis quatro Grammys, o cantor de soul começou a divulgar ainda mais seu material. Smith está cheio de shows pela frente. Ele começa uma turnê pela Europa no dia 1º de março e, na última semana de abril, viaja para Austrália para mais uma etapa de shows. Em maio, será a vez da Ásia e, em junho, uma nova viajem europeia, com grande presença e festivais. Ainda esperamos por mais datas, e que, uma seja o Brasil!

Nathan Sykes confirma possível colaboração com Sam Smith

Nathan Sykes revelou que é provável que ele irá trabalhar com Sam Smith.

O ex-integrante da boyband The Wanted  está em carreira solo e  vai lançar seu álbum de estréia ainda este ano.

O disco está definido para mostrar um lado emotivo de Sykes e parece que ele pode trabalhar com Smith no futuro.

O britânico disse ao E!: “Já falamos sobre ir ao estúdio antes e eu acho que é muito provável que vai acontecer durante o próximo ano. Vai ser uma loucura. Eu acho que vai ser uma grande oportunidade para criar algo muito legal.”

“Sam Smith no Grammy foi simplesmente insano. Eu estive  ouvindo um monte de Sam Smith, Ed Sheeran e eu estou vivendo na esperança  desde novo álbum da Adele. Então, sim, eu estou bastante esperançoso com os britânicos.”

O primeiro single do Nathan deverá ser lançado na primavera do Reino Unido.

Sam revela ao Fantástico que pretende vir ao Brasil neste ano

O Fantástico foi a Los Angeles conversar com a voz do momento: o cantor Sam Smith, que domingo (8), ganhou quatro Grammys, o prêmio mais importante da música.

Um talento raro. Notas emitidas sem esforço. A cantora Beyoncé disse que a voz dele é tão gostosa que parece manteiga. Outra diva pop, Lady Gaga, também já declarou seu amor a esse inglês de 22 anos.

Quem está recebendo tantos elogios é Sam Smith, um dos maiores sucessos da música nos Estados Unidos e na Europa em 2014. E a prova disso veio no último domingo, em Los Angeles, na cerimônia do Grammy, o Oscar da música. Sam foi indicado a seis prêmios e levou quatro, incluindo melhor álbum e melhor música: “Stay With Me”. O clipe soma incríveis 240 milhões de visualizações na internet.

Depois da festa do Grammy, Sam Smith continuou em Los Angeles. Ele passou a semana na cidade por causa de compromissos profissionais. O Fantástico conseguiu uma entrevista exclusiva com ele, um bate-papo sobre carreira e também vida pessoal. De cara, Sam demonstra simpatia e simplicidade. Diz que está meio cansado porque foi pra balada na noite passada.

Fantástico: Algum dia sonhou ter uma noite como a do Grammy?
Sam Smith: Nunca, ainda estou em choque. Não acredito que isso aconteceu. Eu não acredito, quatro Grammys! O melhor de tudo é que minha família estava lá, minha equipe também, foi uma celebração muito bonita.

Fantástico: O que você sentiu quando ouviu seu nome, e depois de novo e de novo?
Sam Smith: Meu mundo desabou, eu me lembro de tudo em câmera lenta. Foi incrível.

Sam começou a cantar bem cedo. Os pais deram um amplificador e um microfone e ele se apresentava nos jantares pros convidados da família.

“Eu tinha uns 9, 10 anos. Mas eu não tinha noção se cantava bem ou não. Uns amigos dos meus pais falavam que sim, mas eu não acreditava. Quando outras pessoas passaram a falar que eu era bom comecei a pensar: talvez eu possa ter uma carreira”, conta Sam.

Fantástico: E o que você gostava de cantar?
Sam Smith: Quando eu era criança eu gostava de cantar Nora Jones, Frank Sinatra, Beyoncé, Britney Spears. Eu imitava a Britney.

Sam parece muito sincero e aberto sobre sua vida pessoal. No momento mais importante da carreira, o lançamento do primeiro álbum, ele declarou que é gay.

Sam Smith: Tenho sido sincero sobre minha sexualidade desde os 10 anos de idade. Eu nunca escondi. Quis falar publicamente porque as pessoas estavam comentando e não quis que imaginassem que eu estivesse mentindo. Eu tenho orgulho de ser gay.
Fantástico: O que importa é o talento, certo?
Sam Smith: Claro! Veja os outros artistas. Lady Gaga, Beyoncé, Katy Perry. Elas nunca tiveram que ficar falando nas entrevistas que são heterossexuais. Eu só quis ser tratado com igualdade, como qualquer outro.

Sam Smith é também o compositor de todas as músicas do álbum. Ele divertiu a plateia do Grammy ao dedicar seus quatro prêmios ao amor impossível que partiu seu coração.

“Eu escrevi músicas sobre alguém que me pegou de jeito. E tenho certeza que muita gente que ouve minhas músicas já passou por isso. Música é isso, é terapia”, diz Sam Smith.

Sam conta que está trabalhando no novo álbum. E diz em primeira mão que pretende vir ao Brasil logo.

“Tomara que ainda este ano. Eu quero muito. Eu quero ver o Brasil”, ele declara.

O inglês parece não se preocupar muito com o futuro. Ele diz que está feliz e que não sente nenhuma obrigação em continuar fazendo sucesso. Quer apenas continuar compondo e cantando.

O vídeo da entrevista você pode conferir no site do Fantástico.

Confira tudo que rolou no GRAMMY AWARDS 2015

Na noite do dia 08 de fevereiro, aconteceu um dos eventos mais importantes para industria musical. A premição GRAMMYs 2015 aconteceu em Los Angeles e Sam estava indicado em seis categorias, algumas as mais importantes da noite concorrendo com estrelas como Beyoncé, Taylor Swift, Sia, Coldplay, Ariana Grande, entre outros.

Sam era uma das apostas e realmente conseguiu se destacar, sendo o maior ganhador da noite. Ele ganhou as seguintes categorias:

Record Of The Year 

Best New Artist

Song Of The Year

Best Pop Vocal Album

E fez uma apresentação emocionante de “Stay With Me”com a cantora Mary J. Blige, confira:

Sam Smith faz acordo por plágio em “Stay With Me”

Sam Smith, foi forçado a pagar royalties de composição ao norte-americano Tom Petty pelo single Stay With Me. A música teria semelhanças com o clássico I Won’t Back Down, de 1969, as informações são do jornal britânico The Sun.

Segundo a NME, uma fonte próxima ao caso disse que quando a faixa de Sam foi divulgada ficou claro para diversos músicos que haviam notáveis semelhanças entre as canções. Stay With Me vendeu quatro milhões de cópias em todo o mundo.

Sam Smith responde DJ Howard Stern após sofrer insultos

O DJ americano Howard Stern fez alguns insultos sobre o cantor britânico Sam Smith durante seu programa na rádio SiriusXM que foram respondidos por Sam Smith no twitter que pediu aos seus fãs que ignorassem o que foi dito e que ele não podia acreditar no que estava lendo.

O ocorrido aconteceu no programa  “Sirius XM Radio Show”, quando o Dj estava fazendo um countdown das melhores músicas e quando chegou a vez de  “Stay With Me” tocar, o DJ fez um comentário agressivo e disse: “Você sabe o que eu gosto sobre esse cara? Ele é um feio filha da mãe (…) Ele é gordo. Ele é gay? Ele parece gay pra mim, não que alguém pareça gay, mas ele parece bem afeminado”, completou durante o programa.